Carlos Cezar e Cristiano

O Ídolo (Tributo a Elvis Presley)

Era uma vez um menino que vivia cantando
Na sua casa, na igreja, em qualquer lugar
Filho de família pobre, cresceu trabalhando
Nas folgas ele aprendeu a guitarra tocar

Tinha uma voz diferente que todos gostavam
Era dos caminhoneiros a grande atração
Naqueles postos de estrada quando ele chegava
Todos pediam uma canção

Love me tender... love me sweet... never let me go

Até que um dia a sorte sorriu para ele
Gravou o primeiro disco e o mundo aplaudiu
Filmes, jornais e revistas, as rádios falavam
Do maior ídolo que neste mundo existiu

Porém a felicidade é tão passageira
E tudo aquilo pra ele foi só ilusão
Longe dos fãs e dos amigos de tudo e de todos
Parou pra sempre seu coração

Play