Carlos Cezar e Cristiano

O Filho do Caminhoneiro

Hoje ? o meu anivers?rio, tamb?m faz alguns anos
Que meu pai perdeu a vida numa estrada
E eu sigo o mesmo itiner?rio vou junto a meu padrinho
Que era outrora seu amigo de jornada.
Hoje ? o meu anivers?rio, o dia esta cinzento
E a chuva fina esta molhando o m eu cora??o
Eu olho para o lado e vejo l?grimas nos olhos
Do padrinho recordando o amig?o.

Eu sou o filho do caminheiro
Faz alguns anos vou cortando estrada
Viajo ao lado de um homem valente
No sol, no inverno ou na pista molhada.

Hoje ? o meu anivers?rio, minuto por minuto
Eu espero esta data o ano inteiro
Onde meu querido pai morreu em sua homenagem
Se re?nem seus antigos companheiros.
Vamos cantar todos numa s? voz e ao mesmo tempo
Eu pe?o a cada um que acelere o seu caminh?o
Que ele em sua estrada de estrelas vai acelerando
Em coro pelo azul da imensid?o.

Play