Carlos Cezar e Cristiano

Amor na Relva

Guarania

Eu sempre me lembro do que houve entre nós
É muito difícil esquecer de lembrar
Foi muito bonito, foi felicidade
Amei o teu corpo, te fiz delirar.
Hoje no presente vivo do passado
Me resta apenas a recordação
Porem não me canso de sua lembrança
Te levo pra sempre no meu coração.

Te amei na relva no começo da manhã
E o sol nascendo viu nosso amor
Quando ele se foi você também se foi
E a alua veio assistir a minha dor.

Teus olhos pequenos medindo meu corpo
Fizeram minha cabeça, meu bem
Mas tenho certeza que você não sabe
Fizeram meus olhos chorarem também.
Num lugar distante tão longe daqui
Nosso amor se fez e ali mesmo morreu
Mas tenho comigo uma dor gostosa
Quem amou seu corpo primeiro fui eu.

Play