Carlos e Allan

Quem Vê Cara Na Vê Coração

Pensei que pra viver só precisasse de você
Achei que seu amor eu nunca ia merecer
E se entregou toda pra mim

Te fiz promessa de amor você correspondeu
Jurou pra mim o meu futuro é bem ao lado seu
Tão apaixonado eu fiquei assim

Diz o ditado quem ve cara não ve coração
Mas ta escrito na sua testa que você não presta
Amor eu tambem não

Da o fora da minha vida
Pistoleira sua bandida
Com seu jeito de inocente
Achou que fosse me enganar

O que é seu tava guardado
Ja que usou muito obrigado
Vem de novo pro meu quarto

Só não vale apaixonar

Play