Carlito e Baduy

Trinta Dias Por Mês

Tomara que esta alguém que esta com você
Num breve futuro lhe faça sofrer
Arranjando outra para o seu lugar
Tomara que ele te dê bastante desgosto
Fazendo o pranto correr em seu rosto
Chorando também como eu vivo a chorar.

Tomara que outra mulher desperte o seu desejo
E ele depressa esqueça seus beijos
Deixando você de orgulho ferido
E quando ele estiver dormindo em outros braços
Você vai pagar e beijar meu retrato
Pagando dobrado o que já fez comigo

Tomara que ele te faça o que você me fez
Tomara não via demorar chegar sua vez
Eu quero ver você implorando, querendo voltar...
E só vingança não vou aceitar
Coração fingido que não sabe amar
Merece sofrer trinta dias por mês.

Play