Carlito e Baduy

Relembrando o Passado

Relembrando o meu passado a minha vista escurece
Com o coração calejado eu me ponho a imaginar
Que um homem quando envelhece
Todas as tristezas padece por ver os amos passar
A ilusão desaparece
O cabelo embranquece fica a paixão no lugar.....

Um homem envelhecido se o tempo voltar pudesse
Veria o tempo perdido que já foi e não volta mais
É sorte que não merece
E até castigo parece não poder voltar atrás
É dia que não anoitece
É noite que não amanhece os meus tempos de rapaz.

O que fui eu não sou, não adianta rogar prece
O meu tempo já passou, o que resta é sofrimento
É como se morto estivesse
E mesmo assim não quisesse na terra um sepultamento
Pois o coração não esquece
E enquanto a vida descrece cresce mais o sentimento.

É mesmo assim este mundo: mais precisa quem carece
Eu solto um suspiro fundo ao pensar na minha idade
Porque tudo que eu fizesse
Minha vida não amanhece de novo na mocidade
A minha força amolece
E o coração endurece calejado de saudade.

Play