Carlito e Baduy

Pesadelo

Oh, minha mulher querida vamos conversar à sério,
Você é a minha vida disso eu nunca fiz mistério
Porem estou de partida, me entenda eu espero
Vou sair na sua vida, mas deixar bem claro eu quero,
Por não ter outra saída que adotei este critério
É a minha despedida eu estou sendo sincero.

Eu te amei com ternura com tanta sinceridade
Confiei em sua jura, pensei que fosse verdade
Vi em ti a criatura pra minha felicidade
Você com sua loucura e sua leviandade
Faz as suas diabruras pra agradar a sociedade
Te julguei tão meiga e pura, veja quanta ingenuidade.

Toda a minha afeição, meu amor que era demais
Não tocou seu coração, eu não posso fazer mais;
Lhe chamei tanto atenção pra mudar seus ideais
Esta triste situação eu já evitei demais.
Porem tomo a decisão e não vou voltar atrás
Nem que eu morra de paixão não te quero nunca mais.

Sonhei um viver risonho te amei com tanto zelo
Levei um golpe fadonho não valeu meu desvelo
Hoje eu vivo tristonho atirado ao desmazelo
Num sofrimento medonho com brancura nos cabelos
Tem que ser o que proponho desta vez não tem apelo
Transformei meu lindo sonho num terrível pesadelo.

Play