Carlito e Baduy

Peão Violeiro

Sou boiadeiro que compro e vendo gado
Todos os leilões também vou pra arrematar
Nossas fazendas tem boiada de negocio
E também tem vaca branca pra criar.

Ai, ai, ai, eu compro e vendo, engordo e crio e sei laçar
Ai, ai, ai, e todo ano tem boi gordo pra embarcar.

No meu trabalho eu viajo o não inteiro
Sou violeiro, levo a vida a cantar
Gosto da ida sempre fui bom seresteiro
Só Deus que sabe quanto chão eu vou pisar.

Ai, ai, ai, eu tiro leite, toco e canto e sei dançar
Ai, ai, ai, toco berrante, amanso burro e sei domar.

Sou convidado nas festas de rodeio
O meu areio é no lombo do pagão
Minhas esporas corta pra ganhar o torneio
Não tem receio pra alegrar meu coração.

Ai, ai, ai, já fui carreiro, boiadeiro e folgazão
Ai, ai, ai, sou catireiro, sou vaqueiro e sou peão.

Play