Carlito e Baduy

Marcas de Saudade

Você deixou marcas profundas no chão do meu peito
Que nem enxurrada do tempo consegue apagar
Tentei minha fé não perder, mas vi a esperança morrer
Nas duras rochas da saudade sobre o chão do meu penar.

As tardes me lembram nossos frutíferos encontros
A minha memória vê tudo que meus olhos não vêem
O simples murmúrio do rio, o afago de um vento macio
São grandes pequenos detalhes quem lembram você .

Você foi tudo, mas foi embora
Como luar ao romper da aurora
Eu vou te amando mesmo sem querer
Eu sofro demais por não ver
O céu do meu triste viver
Nas trevas da noite que nunca vai amanhecer.

Play