Carlito e Baduy

Boiadeiro Feliz

Sou boiadeiro eu vivo pela estrada
Com a boiada vou gritando sol a sol
Montando no meu burro ensinado
Dormindo em varanda de paiol.

Vai, vai, vai, vai boiadeiro caminhando pela estrada;
Vai, vai, vai, na sua lida gritando com a boiada.

De tardzinha, hora da Ave-maria
Armo minha rede no galpão
Me deito para descansar da lida
E do cansaço da poeira do estradão.

De madrugada clareando novo dia
Sento na rede e rezo minha oração
Pedindo a Deus que abençoe os meus filhinhos
E aquela prenda dona do meu coração.

De manhãzinha já começo a caminhada
Minha boiada na porteira vou contar
Vou seguindo novamente a jornada
A minha amada sei que vive a me esperar.

E assim vou seguindo minha lida
Pois nesta vida meu destino sempre quis
Desde menino nesta luta destemida
Minha querida sou um boiadeiro feliz.

Play