Carlito e Baduy

Boiadeiro de Frutal

Sou boiadeiro que viajo o ano inteiro
Atrás de boi pantaneiro e que ganho meu dinheiro
Esta saudade em meu peito magoado
Por que estou distanciado de quem mais amo na vida.

Sempre montado no lombo de burro bom
Eu vou cortando o sertão, nasci pra ser boiadeiro
Sou campeão, já montei pra todo lado
Sou um peão afamado no triangulo mineiro.

O meu berrante que ganhei de um fazendeiro
Me dá fama e dinheiro de janeiro ao Natal
Eu sou da gema do triangulo mineiro
A terra dos boiadeiros, eu sou filho de Frutal.

Esta saudade me atormenta a todo instante
Eu repico meu berrante relembrando a peonada
Desta jornada esta restando só eu
Pois dela só não morreu esta saudade malvada.

Play