Carlito e Baduy

Amor Universal

Quero apenas ser um raio da estrela matutina
Pra guiar-te menina pelos caminhos do amor
Quero ser a brisa mansa para beijar sua face
Na hora do seu enlace quero ser teu trovador.
Quero ser o pergaminho para ter suas poesias
E serei a melodia do seu verso encantador
Quero ser a imensidão aplaudindo com carinho
Tua voz em seus versinhos de afeto e louvor.

Eu quisera ter a força da paixão primordiana
Para merecer a chama deste amor universal
Porem vejo que o destino me reduz a quase nada
Encerrando esta jornada qual um ramo vegetal.
Sou apenas um rascunho de uma história mal trocada
Minha vida é uma piada de um demente ou colegial
Até a sombra da palmeira é amada mais que eu
Todas as que conheceram viram que ela é real.

Quero ser em seus banquete, o seu drink preferido
De seus lábios coloridos quero sentir o sabor
Que erro ser em sue corpo o perfume predileto
E possuir por completo seu afeto e seu calor.
Quero ser a água benta pra benzer seu casamento
Presenciando o momento de perder o seu amor
Quero ser a mansa pluma sobre o tapete da igreja
Para que assim ninguém veja que estou morrendo de dor.

Play