A.C.S.E.S.M. Camisa Verde e Branco (SP)

Quem Gasta Tudo Num Dia, No Outro Assovia 1989

Estou em festa, ôôô, emoção
O povo me espera estou chegando
Pode coçar a mão
Sou eu quem te faz sorrir
Sou eu quem te faz chorar
Tente me ganhar no jogo ( tenha sorte )
Pois trabalhando não dá

Minha história vou contar, você vai rir, gargalhar
No início fui barganha, virei grana
O índio o primeiro a dançar
Vieram as transformações, Patações, Réis e Tostões
Ai todo mundo gastou, sem lastro, sem reserva
A banca estourou

D. João meteu a mão
Sobrou para D. Pedro a primeira inflação

De lá pra cá fui chamado, de cruzeiro e cruzado
Quero uma solução, estou fraco desacreditado
Eis que desponta na avenida
Um trevo que irradia ondas verdes pelo ar
Vem juntar samba com dólar
Em "SANDOLAR" me transformar

Maravilha, a velha guarda comandando a nação s/ inflação
Baianas, Primeiras-Damas, mulatas exportação
Quando o gringo aqui chegar em Sandolar vai gastar
Extasiado com a riqueza dessa terra, aqui vai querer ficar

Camisa Verde encanta, e traz filosofia
Quem gasta tudo hoje
Noutro dia assovia