Cacique e Pajé

O Patrão e a Secretária

E na hora da partida que a gente sofre
E na hora da partida que a gente chora
Já estou sentindo a dor de uma despedida
Quando minha secretaria
Me disser patrão eu já vou embora.

Se a minha secretária sumir no mundo
Vai ser aquele sufoco na minha paz
Eu quero que minha firma vá pra cucuia
No rastro da secretária eu vou atrás.
Da cabeça até os pés ela é um doce
Dos pés até a cabeça ela é uma doçura
Sem a minha secretária não sou ninguém
Me afogo no oceano de amargura.

Sem a minha secretária eu sigo sem rumo
Numa canoa furada no mar de dor
Sou um céu sem as estrelas e sem luar
Eu sou a manhã sem e sem esplendor.
Sem a minha secretária é só espinho
Sem a minha secretária não tem mais flor
Minha firma é meu mundo que dá dinheiro
Meu mundo sem secretaria não tem valor.

Play