Cacique e Pajé

Índio Tupy

Lá em Mato Grosso eu nasci na margem do rio Vermelho
Vivo no meio dos Caiapós e dos Guaranis
Deixei minha tribo e vim pra cidade viver no asfalto
Mas bate no peito e grito bem alto
Sou bem brasileiro, índio Tupy.

Correndo nos campos caçando e pescando assim eu cresci
O grande progresso me obrigou um dia eu viver aqui
Mas quando eu canto minha voz transmite o cheiro da mata
Montanha rochosa, riacho e cascata
Sou bem brasileiro, índio Tupy.

Já faz tanto tempo, quase nem me lembro que ficou pra trás
Ranchinho de palha, os anos passaram, mas não te esqueci;
Por isso que eu canto e levo pros ares tudo de mais belo
Eu tenho o sabor do verde amarelo
Sou bem brasileiro, índio Tupy.

Play