Brenno Reis & Marco Viola

Cheque Sem Fundo

Dizem que h? muitos anos atr?s
Num lugar existia um sujeito
Era um velho e tinha tr?s filhos
Um era n? cego os dois eram direito

Como era apegado ao dinheiro
Reuniu os filhos e o trato foi feito
Quando a morte vier me buscar
Um tanto em dinheiro voc?s v?o me dar
Eu quero levar ao derradeiro leito

Certo dia o velho adoeceu
Durou pouco e t?o logo se foi
Os dois filhos que eram direito
Para arranjar dinheiro venderam seus bois
O n? cego foi dando um jeitinho
De passar a unha na grana dos dois
Sobre as m?os do velho no caix?o
Cada um dos dois colocou um milh?o
O n? cego disse: Eu coloco depois

J? pertinho da hora do enterro
O n? cego falou aos irm?os
Pois eu acho que n?o vai dar certo
Nosso pai levar dinheiro no caix?o
Algu?m pode ver ele saindo
Com esse pacote de notas nas m?os
Meu cheque ? de tr?s milh?es e pouco
O que voc?s deram eu pego de troco
Assim eu evito atrair o ladr?o

Sepultaram o corpo do velho
Num buraco bastante profundo
O n? cego ficou satisfeito por ter
Conseguido enganar todo mundo
Quando foi pelas tantas da noite
O velho voltou e falou num ?segundo?
No inferno abri uma poupan?a
Passe o dinheiro sen?o voc? dan?a
O diabo n?o quis o seu cheque sem fundo

Play