Bezerra da Silva

Não tenho lar

Eu não tenho lar
Eu não tenho paradeiro
Quando é noite de luar
Eu moro na sombra do coqueiro.

Na sombra do coqueiro onde moro
Eu sinto imensa insastifação
Olhando para o céu,namoro a lua
esqueço toda sua ingratidão(eu não)

Play