Betto e Freddo

Essa Tal Liberdade/Bem aos Olhos da Lua

O que é que eu vou fazer
Com essa tal liberdade
Se estou na solidão
Pensando em você
Eu nunca imaginei
Sentir tanta saudade
Meu coração não sabe
Como te esquecer
Eu andei errado, eu pisei na bola
Troquei quem mais amava por uma ilusão
Mas a gente aprende, a vida é uma escola
Não é assim que acaba uma grande paixão
Quero te abraçar, quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo o que eu queria

Bem aos olhos da Lua
resolvi te amar, uma estrela sorriu á toa
ao me ver te beijar
Percebi que o silêncio fala pela emoção
uma estrada só é dicerta onde não há paixão
Abrace meu corpo inteiro, deixe a brisa passar
Nós não vamos pedir carona enquanto o sol não chegar
Nessa estrada nenhum caminho vai poder nos levar
passarinho só constrói o ninho aonde puder amar
E quem nunca parou numa estrada? pra quê? pra quê? pra quê?
e pra fazer amor de madrugada
Tu nunca ouviu o sol dizer pra lua