Banda Cavalinho

Adolfo e Suzana

Play

Meu nome é Adolfo
Eu moro em blumenau
Cidade das loirinhas
Do chopp e coisa e tal
Eu gosto de chucrutes
Eisbein e salsichão
Nata com lingüiça misturada
No meu pão.

Namorava com Suzana
Era lindo, era bacana
Mas veio "um tal" de
Oktoberfest e Suzana
Me deu uma banana.

Nos dezessetes dias
De chopp e folia
Suzana só queria conhecer
Gente de fora.

Deu pra paulista
Deu pra mineiro
Pra carioca
Pro mundo inteiro
Hey, hey, hey.

Depois de alguns dias
Suzana estava
Toda descadeirada
De uma perna já mancava
Deixei de ser otário
E fiz igual Suzana
Peguei do meu armário
"Uma" traje bem bacana.

Tomei chopp de montão
Brinquei, fiquei legal
Eu era o rei do pavilhão
E a mulherada pegava
O meu "pilau"

Nos dezessetes dias
De chopp e folia
Adolfo só queria conhecer
Gente de fora.

Pegou mineira
Pegou paulista
Pegou carioca
Qualquer turista
Hey, hey, hey.

Nos dezessete dias
Ninguém fica sem ninguém
A festa é alegria
Todo mundo come bem
Tem morenas, galeguinhas
Repolho com marreco
Desfile de bandinha e
Muito chopp no caneco.

Adeus Suzana eu vou partir
Agora me dei bem
Eu vou me preparar pra
Festa do ano que vem.

Nos dezessete dias
De chopp e folia
Adolfos e Suzanas
Dividem alegrias
Com as mineiras, com
As paulistas
As cariocas, muitos turistas
Com os paulistas com
Os mineiros
Os cariocas do mundo inteiro
Hey, hey, hey.