Banda Cara Ou Coroa

Desejo

Play

Na casa do ferreiro o espeto é de pau
Não existem fantasmas no lar de um paranormal
Faltaram as palavras ao compositor
Pra descrever a meretriz o que era o amor
E assim falta um fim pro começo
E enfim, enfim, o mundo fica do avesso

Roubaram o coração do policial
Por amor a enfermeira passou mal
Por amor a bailarina também fez o palhaço chorar
Deixou o equilibrista de pernas pro ar
E assim o amor que nasce diante de um beijo
Enfim, enfim mata feliz o desejo

De viver de sorrir mais e mais
De viver e sentir toda a paz que há

Quem ama sempre deixa alguma coisa corriqueira passar
Quem pensa é o coração já que a cabeça ganha asas no ar

E assim acha-se um fim pro começo
E enfim, enfim, o mundo fica do avesso
E assim o amor que nasce diante de um beijo
Enfim, enfim mata feliz o desejo

De viver de sorrir mais e mais
De viver e sentir toda a paz que há