Banda Brasis

Meu Inocente Mar Azul

Play

Quem é você pra me agredir?
Se eu te conheço desde sua aurora
Não me suje por hora por hora
Só me lambuze de todo seu amor

s vezes acho que a gente não combina
às vezes sério as vezes maracangalha
Você é óleo e eu sou água
Eu no verde. Você na navalha!

Só me queime de prazer
Afinal, só faço bem pra você
Boto fé que certo dia ao luar
Você vai olhar pra mim e seus atos repensar!

E pelo coco e o maracatu
Vou expandir a América do Sul
Da chuva florir o inútil lugar
e nos seus pulmões provocar o ar!

E eu sou um enorme corpo terrestre
Meu nome é Carmem eu sou um planeta
Meio de telha, meio barraco
E que precisa de todo cuidado!