Banda Bonde Sem Freio do Brega Pop

Amor e Poesia

Play

Feito um bicho predador te cacei na minha cama
Feito abelha na flor me atirei nos teus braços
Feito o anjo protetor te guardei na minha guia
Fiz amor e poesia como se fosse picasso

Só não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho

A minha alegria se perdeu na fantasia
E na boca da noite desceu de garganta abaixo
A menina dos meus olhos deu de vício nesse dia
Fez amor e poesia na história do cangaço

Só não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho

No meu sisifismo eterno carreguei os teus caprichos
E napoleonicamente me perdi no descompasso
Armei a rede do desejo no pé de vento e sonhei
Fazendo amor e poesia contigo pelo espaço

Só não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho

Eu só queria ser o sol que te ilumina
Eu só queria ser a água que te banha
A tua cama, teu pecado, teu segredo
Eu só queria ser o vento que te assanha

Só não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho

No meu sisifismo eterno carreguei os teus caprichos
E napoleonicamente me perdi no descompasso
Armei a rede do desejo no pé de vento e sonhei
Fazendo amor e poesia contigo pelo espaço

Só não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho

Eu só queria ser o sol que te ilumina
Eu só queria ser a água que te banha
A tua cama, teu pecado, teu segredo
Eu só queria ser o vento que te assanha

Mais não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho
Não sei por que é que eu não te acho