Banda Bloody Mary

Tributo

Play

Não sou como pareço , um calmo mar de rosas
Onde a brisa sequer ondia minhas águas
Eu tenho aqui no peito chagas bem expostas
Que abalam minha paz e agitam minhas magoas
Porque toda alegria em mim se transfigura
Juntando-se ao pesar e as aflições de outrora
Não me restando mais um fio pra aventura
Pr`um passado feliz que agente lembra e chora
Porém ao mergulhar no abismo de meu peito
Buscando o que de bom eu possa ter no fundo
Retorna a superfície alegre satisfeito
Retorna a superfície alegre satisfeito

Trazendo em minhas mãos num ofuscar de brilhos
A concha de esperança exposta a todo mundo
As perolas de amor que eu trago aqui comigo
As perolas de amor

Que eu trago aqui comigo
Que eu trago aqui comigo
Que eu trago aqui comigo
Que eu trago aqui comigo

Trazendo em minhas mãos num ofuscar de brilhos
A concha de esperança exposta a todo mundo
As perolas de amor que eu trago aqui comigo
As perolas de amor

Que eu trago aqui comigo
Que eu trago aqui comigo