Banda Barbara

Espetáculo

A vida é um circo
e eu tô servindo de palhaço
a malabarista me bota
de cabeça pra baixo
e me faz girar, e me faz...

E o meu sorriso não tem graça
(e o meu nariz vermelho)
esconde a dor,
enquanto todos vêem...
o que eu não sou!

Batam palmas pras suas próprias risadas
porque a minha já não existe mais.
É que a malabarista que me girava,
me soltou a mão e me pôs...
na jaula do leão, na jaula...

Entre pipoca e algodão doce,
bailarinas e mágicos.
Sou só mais um palhaço...
que ri pra não chorar,
que rir pra não...

Play