Ataíde e Alexandre

Quero Quero

A noite vem e a saudade vem com ela
Deito pra dormir, não durmo
Se durmo sonho com ela
O dia vem, a noite "ta" indo embora
Sei onde mora a saudade
Mas não sei onde ela mora

Queria tanto seu um passarinho
Para voar, pousar nos braços dela
E ser um beija-flor livre no céu
Pra provar o meu da florzinha dela
Queria tanto ser o seu lençol
Para dormir enroladinho nela
Queria tanto ser seu travesseiro
Só pra dar um cheiro no rostinho dela

Queria tanto ser a chuva fina
Molhar aos poucos o vestido dela
Molhava até deixar ele ensopado
Pra ficar colado no corpinho dela
Queria tanto ser o seu perfume
Queria ser o sabonete dela
Queria ser o seu batom vermelho
Pra ficar bonito na boquinha dela

Play