Ataíde e Alexandre

Quem Me Viu, Quem Me Vê

Já fui um homem de pedra
Antes de te conhecer
E quem ditava as regras
Hoje tem que obedecer

Meu coração tão bandido
Teve que se acostumar
Ter uma cara de amigo
Para receber o seu olhar

Quem me viu, quem me vê
Nem me conhece mais
Aprendi com você
Ser um outro rapaz

Play