Ataíde e Alexandre

Onde Tem Amor

Onde tem amor
Tem tanto ciúme, alguma mentira
Tem beiço virado, tem confusão
Onde tem amor
Um dorme no quarto o outro na sala
Tem noites inteiras de solidão

Encosta pra lá, encosta pra cá
Devagar vão se ajeitando
Reclama de cá, reclama de lá
Logo estão se agarrando
Um copo de bronca, um pingo de briga
E carinho pro sabor
Mão na mão devagarinho
Rela, rela com jeitinho é o tempero do amor

Onde tem amor
Tem tanto desejo, tem banho mais cedo
Perfume na cama e ninguém quer dormir
Onde tem amor
Tem beijo e abraço, tem corpo suado
Só sei que do quarto ninguém quer sair

Play