Ataíde e Alexandre

De Mão Beijada

Você abordou o meu mundo
E mudou minha vida
Veio não sei bem de onde
Só sei que me fez amar
Senti o perigo por perto
Vi um futuro incerto
Mesmo assim mergulhei de cabeça
E deixei-me levar

Ah! Eu não sei como pude amar desse jeito
Tudo de mim eu lhe dei em troca de nada
Só mesmo eu sei como dói essa dor no meu peito
Foi um erro lhe dar mina vida
De mão beijada

Suas estórias confusas, inconvincentes
Mostravam vestígios tão claros
De uma decepção
Eu devia ter posto em tempo
Um freio nos meus sentimentos
E enxergar que eu estava por fora do seu coração

Play