Arthur Sena

Bumerangue

Me d? um medo, nunca me vi assim
Doente de saudade, esque?o at? de mim
N?o tenho for?as pra dizer que n?o resisti
Quando te olho as vezes sinto meu ju?zo sumir
Disparo o cora??o, minha respira??o
N?o tem mais jeito, t? consumado
Essa paix?o est? empreguinado em mim
N?o tenho for?as pra dizer que n?o resisti
Quando te olho as vezes sinto meu ju?zo sumir
Disparo o cora??o, minha respira??o

Seu dna em cada gota do meu sangue
Saudade quando vem parece um bumerangue
Acho que o mundo vai parar se voc? n?o me amar

Falo serio, pode cr?, meus olhos s? enxergam voc?
Falo s?rio, ? pra valer, que nosso amor...

Play