Art Popular

O Canto da Razão

Lalaia, lalaia, lalaia lalaia lalaia la
Êh laiala, laiala laiala laia la
Lalaia, lalaia, lalaia lalaia lalaia la
Êh laiala, laiala laiala laia la

Quantas mal dormidas
Em claro eu passei
Tentando achar a saída
Mas como eu lutei

A mágoa sofrida
Retratos da vida
Paixão recolhida porém

Foi dura a missão
A voz da razão
O canto que finda o sofrer
Ouvindo o som dos tantans

Sentindo os balangandans
Repique pandeiro cavaco e viola
A tristeza vai embora...

Play