André e Felipe

Meus Ungidos

Meus Ungidos

Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
Não pare para ver
Não entre nessa questão.
Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
E não toqueis nos meus ungidos
Estão debaixo das minhas mãos.

Um gigantão chamado Golias
Naquele tempo se achava o tal
Foi afobar o exército de Deus vivo
E cometeu um ero fatal
Vai Davizinho, vai ao seu encontro
Com cincos pedras que pegou no rio
Girou a funda e acertou o gigante
Cara no pó gigantão caiu.

Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
Não pare para ver
Não entre nessa questão.
Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
Já vi gigante perder a cabeça
Porque mecheu com quem tem unção.

Quarenta e dois rapazes pequenos
De Elizeu começou zombar
Sobe calvo, sobe calvo
Olhão de quem vieram zombar
E Elizeu olhando pra eles
Na mesma hora os amaldiçoou
Sai as ursas lá do bosque e a todos despedaçou.

Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
Não pare para ver
Não entre nessa questão.
Não mecha com homem de Deus
Não se meta com quem tem unção
Pode virar comida de ursa
Se zombar de quem tem unção.

E não toqueis nos meus ungidos
Estão debaixo das minhas mãos.

By: Lurdemilla

Play