Alvarenga e Ranchinho

Sinhá Rita

Minha roça de milho
A cheia veio e levou ô ô
Minha cabocla bonita, Sinhá Rita
Um malvado carregou

Tenho um vestido de riscado
Na palhoça despregado
Que a cabocla não levou ô ô

Relembrando aquele amor
Que foi roubado
E que nunca mais voltou

A palhoça em que eu morava
E há muito me esperava
Também já desmoronou ô ô

Só me resta por maldade
É a saudade
Que em meu coração ficou

Minha roça de milho
A cheia veio e levou ô ô
Minha cabocla bonita, Sinhá Rita
Um malvado carregou

Tenho um vestido de riscado
Na palhoça despregado
Que a cabocla não levou ô ô

Relembrando aquele amor
Que foi roubado
E que nunca mais voltou

A palhoça em que eu morava
E há muito me esperava
Também já desmoronou ô ô

Só me resta por maldade
É a saudade
Que em meu coração ficou

Play