Alma Serrana

Pagode Em Brasília / Pagode / o Campeão

PAGODE EM BRASILIA
Quem tem mulher que namora
Quem tem burro impacador
Quem tem a roça no mato me chame
Que jeito eu dou
Eu tiro a roça do mato sua lavoura melhora
E o burro impacador eu corto ele de espora
E a mulher namoradeira eu passo o coro e mando embora
Tem prisioneiro inocente no fundo de uma prisão
Tem muita sogra increnqueira e tem violeiro embruião
Pros prisioneiro inocente eu arranjo advogado
E a sogra increnqueira eu dou de laço dobrado
E o violeiro embruião com meus verso ta quebrado
O CAMPEÃO
Se me vê com mulher feia pode crer que eu to doente
Quem me vê de carro velho socorre que é acidente
Quem me vê comendo fruto eu já plantei a semente
Quem me contando história que conta a história não mente
Quem me vê de cara feia é que só tem cerveja quente
Nada no mundo me assusta sou um caboclo folgado
Gosto de ganhar dinheiro só pra ver o tutu guardado
Dou esmola todo dia para descontar meus pecados
Dou rasteira em serpente e coleciono burro bravo
Compro o rei do café e dou de troco o rei do gado
PAGODE
Morena bonita dos dentes aberto

Vai no pagode o barulho é certo

Não me namore tão descoberto

Que eu casado mais não sou certo

Modelos de agora é tudo esquisito

Essas mocinhas mostrando os cambitos

Com as canelas fina que nem palmito

As moças a minha muié fizemos à combinação

Eu vou no pagode ela não vai não

Sábado passado eu fui ela ficou,

Sábado que vem ele fica e eu vou

Play