Alecir e Alessandro

Me Dá Tudo Que É Seu

Me dá o teu sorriso,
Que eu preciso dele pra fazer um verso
Me dá tua mão,
Que eu preciso sentir o carinho no rosto
Me dá o teu cabelo,
Que eu quero escondeu o meu rosto do mundo
Me dá tua voz,
Que eu preciso escutar uma frase de amor
Me dá teu pézinho,
Pra eu fazer carinho por baixo da mesa
Me dá teu olhar,
Que eu preciso enxergar a beleza da vida
Me dá tua boca,
Que eu quero sentir o valor do teu beijo
Me dá teu desejo,
Que eu preciso esgotar meu estoque de amor
Me dá tudo que não deu, pra ninguém
Me dá tua vergonha,
Teu sonho escondido,
Quero ser teu amante,
Teu cervo, teu rei,
Teu herói, teu bandido,
Quero ver teu suor
Escorrer no meu peito,
E me deixar sem jeito
Com tua luxúria,
Quero ver tua cara,
Sofrida, franzida
De tanto prazer...

Me dá teu pézinho,
Pra eu fazer carinho por baixo da mesa
Me dá teu olhar,
Que eu preciso enxergar a beleza da vida
Me dá tua boca,
Que eu quero sentir o valor do teu beijo
Me dá teu desejo,
Que eu preciso esgotar meu estoque de amor
Me dá tudo que não deu, pra ninguém
Me dá tua vergonha,
Teu sonho escondido,
Quero ser teu amante,
Teu cervo, teu rei,
Teu herói, teu bandido,
Quero ver teu suor
Escorrer no meu peito,
E me deixar sem jeito
Com tua luxúria,
Quero ver tua cara,
Sofrida, franzida
De tanto prazer...

Prazer......

Play