Adriano e Anderson

Pompeano

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Saudade doeu no peito confesso
Confesso ão deu pra suportar
Hoje vou pra minha terra
To deixando BH
Não vejo a hora de chegar
No meu pedaço de céu
A mais de 180
Peguei a 040
Meu destino é Pompéu.

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Sai de Belo Horizonte
Parti em busca de Emoção
Passei por Sete Lagoas
Sufocado de Paixão
Paraopea e Felixlândia
Já ficaram na Saudade
De paixão to delirando
Daqui apouco to chegando
A terra da Felicidade.

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Dou um pulo em Paineiras,
Pois Lá tem gente que me admira
Depois vou La pra Abadia
Bater o pé no catira.
Canto umas moda xonada,
Lembrando quem não me quer
Se eu não enxugar meu pranto
Vou amanhecer no banco
Da praça em Abaeté

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Eu sou mineiro
Tem jeito não
Sou Pompeano de corpo, alma e coração

Play