Abadengo

Eu Peguei O Meu Pandeiro

Eu peguei o meu pandeiro e fui pro terreiro versar
Tinha tanto partideiro sob a luz do luar
A roda estava formada tinha gente de todo lugar
Quando chegou minha vez eu comecei a cantar (vamo lá)
Chega na palma da mão pra firmar, deixa quem é do
batuque chegar
Vou cantar samba de roda até o dia clarear
Desce mais uma cerveja seu Zé
Deixa a mulata sambando no pé
O meu samba tem tempera tá no sangue tem axé
Se você não me conhece ouça o que vou lhe dizer
O meu samba é minha prece o meu samba é meu viver
Vou trilhando meu caminho, devagar e sempre vou
Deus me livra dos espinhos, Mete a mão nesse tambor
(refrão)
tá tão triste o mundo cada vez mais fundo, Onde vai
parar?
Deus que chore, enchente alaga esse lugar
Já vejo sorriso, povo tá preciso, sofrendo de fome e
de dor
Vamos juntos cantando essa oração pro meu senhor
Onde vai parar? Tanta falta de união
Onde vai parar? O amor tá em extinção
Onde vai parar? Peço ao Pai pela nação
Onde vai parar? Vamos ter mais coração
Lelelelelelelelê...