A2ois

Uma Nova Sinfonia (A Sinfonia do Silêncio)

Em todos os meus versos eu tento explicar
as razões que me fazem acreditar (que o vento me levou até você).
Esse momento, eu não quero esquecer

Você se lembra daqueles momentos sentados jogados na calçada?
Trocando ideias sobre fitas passadas vivenciadas a sós ou até mesmo a dois
não importa o protagonista o que importa é a experiência
que ficou, constou, levou, nos trouxe até aqui!
Aquela troca justa que nos fez evoluir
mas acho que pra ti como todos comodidade é tudo
trocou o que era sincero pelos atrativos do mundo

Me diga aonde esta você? (Imagino onde está você)
Há uma distancia entre nós, mas isso não é muito longe

O silêncio hoje forma uma nova sinfonia sem fim
aonde as memórias fazem escalas cíclicas em mim
e me embalam no balanço swingado da minha solidão
me levando a uma sublime dimensão
Aonde aquele relógio de um ponteiro só que indica os sentimentos
hoje gira em voltagem maior, mas quebrou
Os sentimentos se confundem, me esforcei só pra te odiar mas ainda almejo o seu olhar

Por toda sua casa deixei minhas marcas,
será que tem deixado as suas (em um outro lugar qualquer?)

Esse momento, eu não quero esquecer

Me diga aonde esta você? (Imagino onde está você)
Há uma distancia entre nós, mas isso não é muito longe

Você foi quem me tornou real
(que seja feita toda a sua vontade nesse inferno que você conspirou
só pra criar seu próprio céu)
Hoje posso escrever meu próprio destino
(A estrela chefe em um alinhamento perfeito que embalava
minha alma e meu peito num sentimento intenso)
As horas passam e a cada segundo sem você, parece não ter fim!
(Nessa eternidade do tempo, com balanço do vento e esse corte profundo
parece não ter fim....)

Play