A Trupe do Disco Voador

Canção Nada Convencional

Sair de casa pra entender
Sair de casa pra esquecer as chaves da sua casa
Tentar se distrair em dias que não tem como
Se viver, como compreender.
O que acontece de errado eu não consigo...

Sair de casa sem imaginar
Que o sol iria bater na sua cara
Sair de casa e imaginar
Que o dia ali começa então
Sair de casa e olhar para o céu azul.
Sair de casa e abandonar velhos hábitos de pensar
Em você

Sair de casa pra distrai
Sair de casa pra conseguir
Viver, sem ter, viver sem deixar.
Que as coisas que aconteceram
Entre nós, interfiram no que está por vir.
Que os dias cinza não são mais coloridos
Estão ligados no mundo.

Sair de casa pra entender
Sair de casa pra esquecer as chaves da sua casa
Sair de casa pra sonhar
Sair de casa e imaginar
Que o dia chegou ao fim
Que o dia não vai voltar
A ser o mesmo
Não vou mais me entregar
Não vou mais te entregar

Eu vou viver
Sair de casa em dias nada convencionais
Deixar a cama desarrumada
E os cigarros apagados
E a fumaça dissolvendo
E a brasa chorando
Lembro dos seus olhos
A lembrança se eu sentisse
As portas batidas, janela quebrada

Dois choros gritos
Deixar de
Sair de casa
Eu não quero mais não
Eu quero não
Eu quero não
Eu não quero não

Play