A Simetria

Cientista do Destino

Um grande punhado de tudo: É isso que sou!
Uma arvore, a língua, a musica escutada.
Olha o barco! A correnteza arrastou!

Tenho um mínimo de escolha e é isso que importa.
Cientista do destino não é posto que me tente.
Tão pequena liberdade quero aproveitar,
Pra escutar a canção em mim

Do pássaro que sempre será pássaro
Cortem suas asas ou não
Através da fresta deste labirinto
A lagrima de uma criação se tornara
A alma do seus sonhos

Se eu tivesse nascido na suíça, no tibet ou no egito
Com certeza cantaria diferente a melodia.
Minha estrada, minha vida, minha religião.

Mas o espírito de fogo é capaz de superar o racional
A essência de um homem
É como a tal gota da chuva que agora cai ao norte
Mas amanha cairá ao sul pra salvar os olhos

Play