A Odisséia Das Torradeiras Voadoras

Uma Carta e o Ausente

Não vou sair daqui pra ver
Se o mundo já se foi

Então não vá dizer
Que eu que respondi por mim
Saí deixando-te pra trás

Um vizinho
Capaz de amparar
Os pingos de chuva
Que vem a calhar
Eu fui...

De mala nas costas, descalço eu fui (vou)
Deixando meu rastro perdido em você
A vagar...

A janela
Verde-musgo com traços azuis
Sempre aberta e voltada pro mar

Sua janela
Toda em branco sem traço algum
O ferrolho não pode enxergar

Play