A Odisséia Das Torradeiras Voadoras

Seguindo a Vida

Não existe amor de um só
Não se pode amar sozinho
Amor sem o outro não é amor
Amor sem o outro é somente dor

Acabo de notar que eu não quero mais você
Que somente eu que te amo e você não quer ver

Eu me declaro, eu faço tudo pr'o teu bem
Eu fui teu pai, teu filho, amigo e confidente
Vigiei teu sono e te fiz rir pra não chorar
Me fantasiei e me entreguei a ti pra te brincar

Não existe amor de um só
Não se pode amar sozinho
Amor sem o outro não é amo
Amor sem o outro não é caminho

Mas você não me enxergou, teve medo de olhar
Fantasiamos e gostamos do calor
Mas não posso querer dois e você, um apenas
Este amor não se sente, não se alimenta

Não existe amor de um só
Não se pode amar sozinho
Amor sem o outro não é amor
Amor sem o outro é somente dor

Amor sem o outro não é caminho

Não existe amor...