A Minha Embala

Assinatura de Sal

Soa no ar uma melodia
E já posso sentir na pele a maresia
Deixa sua assinatura de sal
Na cara, como uma pintura de cal

Abrindo a janela, o frio a memória esqueceu
No momento em que o peito apertado escreveu
No vidro gelado a vapor
Uma frase perdida de amor

Eu juro
Que posso ouvir daqui
A espuma da onda dengosa que enrola na areia antes de adormecer
Juro que posso ouvir daqui
O som do gingado que faz a kianda sereia no mar
Até o amanhecer
Até o amanhecer
Até o amanhecer

Mesmo aqui, estando o mar tão longe de mim
Eu escrevo o meu nome assim
Aqui conchas, búzios, gaivotas -- não tem
Barco atracado na areia -- não tema
Camarão dormindo na onda -- não tem
Ritual sagrado p'ros deuses -- não tem
Cruzeiro do sul
Seis da tarde do sol no azul

Só sei que no chão
Ficou escrito como um sinal
Na mão
Bastou um punhado de sal

Play